Created: Wednesday, 30 May 2018 13:09 | Rate this article
( 0 Votes ) 
| Category: Reviews

Review of O velho Marx: uma biografia de seus últimos anos (1881-1883), UFMG, May 30, 2018.

 

Autor da obra 'O Velho Marx' realiza seminário na UFMG nesta segunda

Nesta segunda-feira, 4, às 11h, o pesquisador Marcello Musto, da Universidade de York (Canadá), vai discutir, no seminário The research of the late Marx, o tema do seu livro homônimo, cuja tradução está sendo lançada no Brasil pela Editora Boitempo com o título O Velho Marx.

Aberto ao público, sem necessidade de inscrição, o seminário será apresentado em inglês, no auditório 1 da Faculdade de Ciências Econômicas (Face), campus Pampulha. Organizado pelo grupo de pesquisa em Economia Política Contemporânea, o evento integra a série Seminários do Programa de Pós-graduação em Economia.

Em seus trabalhos, Musto tem buscado reconstruir os estágios da crítica do capitalismo feita por Karl Marx à luz das mais recentes aquisições textuais do Projeto Mega (Marx-Engels Gesamtausgabe), cujo objetivo é pesquisar e publicar a totalidade dos manuscritos de Karl Marx e Friedrich Engels. Iniciada em sua segunda versão nos anos 1970, a empreitada, que se estenderá ainda por algumas décadas, reúne instituições e pesquisadores de diversos países.

Marcello Musto também procura fornecer uma nova comparação crítica entre Marx e os marxismos do século 20 e destacar a relevância contemporânea desta tradição teórica para pressionar questões atuais. Ele pesquisa ainda o pensamento socialista, a história do movimento operário, a filosofia pós-hegeliana, as teorias da alienação e a política europeia contemporânea, temas sobre os quais publicou artigos ou editou antologias e coleções.

Musto nasceu em Nápoles (Itália), em 1976, e vive em Toronto (Canadá), onde leciona teoria sociológica na York University. É doutor em filosofia e política, pela Universidade de Nápoles, e em filosofia, pela Universidade de Nice.

De acordo com a editora Boitempo, o livro O Velho Marx apresenta uma "análise perspicaz" dos anos finais e ainda pouco explorados da vida de Karl Marx: “Combinando rigorosa abordagem acadêmica com uma escrita acessível, Marcello Musto derruba a lenda de que, a partir de meados de 1870, devido a problemas de saúde e dificuldades pessoais, o filósofo alemão teria suspendido quase inteiramente sua pesquisa. Ao contrário, ele não só deu continuidade a seu trabalho, mas estendeu-o a novas disciplinas e a outras áreas do planeta".